O que é Vitamina D

Apesar de ser conhecida como "Vitamina", a Vitamina D
é considerada um pré-hormônio


Fontes alimentares de vitamina D São escassas.

É Produzida pela pele, através da exposição solar.

Fontes de alimentos de vitamina D

Alimento Porção. Conteúdo de Vit.D por porção
Salmão selvagem 100g ~600-1.000 UI de vitamina D3
Salmão de criação 100g ~100-250 UI de vitamina D3
Sardinha em conserva 100g ~300 UI de vitamina D3
Cavala em conserva 100g ~250 UI de vitamina D3
Atum em conserva 100g ~230 UI de vitamina D3
Óleo de fígado de bacalhau 5ml ~400-1.000 UI de vitamina D3
Gema de Ovo 1 Unidade ~20 UI de vitamina D2
Cogumelos Frescos 100g ~100 UI de vitamina D2
Cogumelos secos ao sol 100g ~1.600 UI de vitamina D2

Vitamina D no organismo

Diferente de outras vitaminas, a Vitamina D é produzida pela pele e por esse motivo ela é conhecida por ser um “pré-hormônio” já que sua suplementação não se dá, em sua maioria, por alimentação. Existem sim, alimentos que contem vitamina D, mas em baixas dosagens e de difícil acesso.

O fluxo para a produção dela começa quando os raios solares (UVB) entram em contato com a pele o que ativa a produção de Vitamina D (em sua forma inicial), sua metabolização é feita no fígado e rins, ocorrendo a transformação da Vitamina D em sua forma ativa.

Em sua forma ativa pode ser absorvida e utilizada pelo corpo em diversas funções essenciais e que influenciam positivamente o funcionamento dos sistemas, ex. muscular e imune.

Benefícios

A Vitamina D tem uma ampla gama de benefícios para o corpo humano, sendo fundamental para a manutenção de alguns sistemas e funcionamento de outros.

Os principais benefícios são:
- Vitamina D é essencial para a absorção do cálcio, sendo que sem ela só 10-15% do cálcio é absorvido pelo intestino.
- Auxilia na formação de ossos e dentes, atuando no estimulo de células ósseas.
- O sistema Imune e Muscular – auxiliando na resposta imunológica e processo de força muscular e equilíbrio.
Holick MF, et al. N Engl J Med 2007; Holick MF, et al. J Clin Endocrinol Metab, July 2011

Por que preciso tomar vitamina D?

Atualmente os hábitos e estilo de vida da sociedade não são favoráveis à exposição solar adequada para a produção de vitamina D.

O estilo de vida “in door”, trocando parques por ambientes fechados como academias; a baixa exposição somada ao uso de protetores diariamente, as condições climáticas e ambientais – localização, poluição, estação do ano – que são fatores que influenciam tanto no ângulo de incisão dos raios solares, quanto em sua “qualidade” para a produção de vitamina D pela pele; todos são fatores que limitam a produção de vitamina D pela pele.

Somado a esses fatores, fontes alimentares de vitamina D são escassas, sendo difícil chegar na quantidade diária recomendada apenas por suplementação alimentar.

A vitamina D é amplamente conhecida pelo seu papel na absorção de cálcio e manutenção da saúde óssea. No entanto, ela é fundamental, também, para o funcionamento adequado do sistema imune. A maior parte das células imunológicas possui o receptor de vitamina D e parece ser influenciada por essa vitamina.

A Vitamina D é importante para a imunidade?

A vitamina D é bastante importante para a chamada imunidade inata, ou seja, aquela que temos desde de que nascemos. Em estudos experimentais, a vitamina D mostrou estimular a proliferação de células de defesa e a produção de substâncias antimicrobianas, podendo aumentar assim a eliminação de bactérias, vírus e fungos invasores.

Além disso, a vitamina D participa da nossa imunidade adquirida, ou seja, aquela formada com o contato que temos com os microrganismos ao longo da vida, quando por exemplo, tomamos uma vacina ou pegamos uma doença pela primeira vez.

Referência Consultada: Wu D, Lewis ED, Pae M, Meydani SN. Nutritional Modulation of Immune Function: Analysis of Evidence, Mechanisms, and Clinical Relevance. Front Immunol. 2019 Jan 15; 9:3160.